AF_Cartaz_Esperancas_Etapa1_v2

O Futuro do Bodyboard Nacional vai surfar à Nazaré

Nacional de Esperanças Competição arranca dias 11 e 12 de Maio

Nacional de Esperanças Competição arranca dias 11 e 12 de Maio

As mais brilhantes promessas do Bodyboard Nacional acorrem dias 11 e 12 de Maio à Nazaré para a primeira etapa do Circuito Nacional de Bodyboard Esperanças Competição (escalões Sub-16 e Sub-18 masculino e Sub-18 feminino).

Quem se deslocar à Nazaré para assistir ao espectáculo de bodyboard protagonizado por estes jovens não sairá desiludido pois estarão na água atletas com provas dadas nos melhores palcos nacionais e internacionais.

Nomes como os do campeão nacional sub-18 em título e vice-campeão europeu sub-16, David Vedor, do campeão do circuito europeu júnior Rodrigo Lopes, da campeã europeia júnior Filipa Broeiro ou da vice-campeã nacional Mariana Rosa, entre outros, como o talentoso local  e figura de cartaz Tomás Meca, são garantia de grandes performances nas mundialmente famosas ondas nazarenas.

David Vedor, bodyboarder de Carcavelos que se sagrou campeão sub-18 em 2018, não mede as palavras no que toca à época que arranca na Nazaré: “Para esta etapa, as expectativas são as melhores, ganhar a etapa e…o circuito, claro. Sei que não será fácil pois a nossa geração tem evoluído imenso. Dentro deste lote, quero destacar o Joel Rodrigues que apesar de ter apenas 14 anos já anda a fazer mossa no open e é um bom exemplo do que temos neste esperanças.”

Rodrigo Lopes, vencedor da etapa nazarena o ano passado espera que tudo se repita, as condições e…o resultado: “Estou motivado para repetir a vitória do ano passado. Já vi as previsões para sexta e espero que se mantenham para o fim-de-semana. Acima de tudo, gostaria de surfar umas ondas boas na Praia do Norte e se estivesse igual ao ano passado, com condições clássicas, seria o ideal!”

Tomás Meca, o local de 16 anos que dá literalmente corpo ao cartaz desta etapa inaugural do Esperanças competição da Federação Portuguesa de Surf, manifesta grande otimismo para este fim-de-semana de bodyboard: “Estamos com bons fundos de areia na Praia da Vila e na Praia do Norte pelo que devemos ter boas ondas. Estou a recuperar de uma lesão nos discos lombares mas tenho treinado muito e espero aproveitar o fator casa e o conhecimento da praia para arrancar um bom resultado.”

Na competição feminina, Mariana Rosa é uma das cabeças de cartaz numa das gerações de jovens atletas mais fortes desde há muito tempo e que também integra a campeã Filipa Broeiro ou as irmãs Padrela, Madalena e Teresa. Vice-campeã nacional sub-18 e open, a carcavelense está muito motivada para este campeonato, pois une o útil ao agradável: “Foi aqui o início de todo. O espírito, o convívio, é tudo muito grato para mim. E depois, o nível está muito elevado e mesmo que vencer o esperanças não seja a maior ambição da minha época, é um excelente treino competitivo pois estão aqui algumas das minhas maiores adversárias no Open e puxam bastante por mim.”

O facto de o Nacional Esperanças competição arrancar na Nazaré é a cereja no topo de um bolo muito apetitoso, refere: “Gosto muito de surfar aqui, quase sempre apanhamos boas ondas nestas praias, ondas com força e que permitem trabalhar bem e exprimir o meu surf. Quanto a resultados, quero apenas fazer o meu melhor e ir o mais longe possível.”

Esta etapa inaugural da competição é organizada pelo CDAN – Clube de Desportos Alternativos da Nazaré sob a chancela da Federação Portuguesa de Surf e com o apoio da Câmara Municipal da Nazaré.